11 de dez de 2006

Parabéns Chile!


Outro email que me emocionou foi esse que reproduzo a seguir:

Parabéns a você!!!

Os democratas de todo o mundo estão em festa com a morte do tirano ditador Augusto Pinochet. O homem que se orgulhava em dizer que no Chile nem as folhas das arvores se movimentavam sem o seu conhecimento. Aquele que transformou o Estádio Nacional de Santiago do Chile em um gigantesco “campo de concentração” para deter os apoiadores de Salvador Allende. Em vida, Pinochet se notabilizou como perverso e requintado torturador de prisioneiros políticos, tendo pedido e conseguido ajuda da ditadura brasileira que nos primórdios da ditadura chilena enviou policiais especializados em obter confissões de presos políticos para que fornecessem subsídios para os então “despreparados” agentes chilenos. Sergio Fleury e outros notáveis repressores brasileiros estiveram no Chile de Pinochet, treinando seus colegas e ensinando como transformar o corpo de opositores em objeto de “descarrego” de suas taras psicológicas. Acabou o Chile do “escreveu, não leu... Pinochet” e agora cabe as autoridades daquele país continuarem as investigações sobre as recentes denúncias de corrupção ocorridas em seu “governo”. Parabéns aos democratas de todo o mundo pela morte do tirano.

--------

Parabéns ao autor!

Nenhum comentário: