12 de dez de 2006

Para onde vai o cunhado?

Estamos torcendo, mas ainda não sabemos se vai mesmo. Porém, se ele fosse realmente o bom administrador que divulga ser, através do Atalho, já estaria lá há muito tempo. Se não for agora, quem sabe depois de 2008, quando estiver acabando a era da arrogância, da petulância e da presunção que hoje predominam nos meios políticos e limitam a "cidade sem limites".

Nenhum comentário: