25 de nov de 2006

Coluna do meio





Não sei se vou ou se fico

Após tomar ciência, através do blog do Antonio Chinelo (Chinelo Neles) de que o chefete agora quer disputar o cargo do chefe, arrumei minhas coisinhas, incluindo os panos de bunda, e já estou pronto para passar a residir em Iacanga, onde tenho um sitinho, herança de meu finado pai, que por sua vez já o herdara do seu, meu avô.



Vigilância Epidemiológica

Vamos ter que acionar o setor imediatamente para verificar a proliferação de moscas azuis, de diversos tipos, que vem ocorrendo nas imediações da câmara, do DAE e da própria prefeitura. Já foi achada uma até la pelas bandas da Nações, mas era de pegar traíra.


Noves fora zero

Meus amigos tentam me fazer mudar de idéia alegando que o chefete não passa de mil votos, mesmo assim não quero correr o risco, já pensaram que poderemos ter que votar no ex prefeito presidiário para tirar o chefete da parada? Teríamos que fazer campanha pelo voto útil, a favor de um inútil, contra outro.



Ficou louco?

Será que talzinho está maluco? Precisamos verificar se ele tem passado as tardes lá com a turminha da Nações. O "pouca coisa" pirou na maionese? Fumou alguma coisa estragada? Dizem por aí que ele já mandou até confeccionar o terno da posse. Vou ter que mandar a camisa. De força.





Vinho ácido

A coisa azedou para o pessoal da Nações. O primeiro consultado para ser o sucessor disse que não aceitaria se tivesse que manter um só que fosse da curriola que reina hoje por lá. Talvez resida aí a explicação para a sobrevida do chefe da malta, o chefe dos chefes parece que acha melhor manter a molecada empregada. Teria dito que melhor lá que na rua roubando.



E quem falou em trocar?

Se o prefeito está imaginado que alguém quer trocar seu chefe de gabinete, está redondamente enganado. E não é só pelo valor irrisório do talzinho, pois o "pouca coisa" nunca alcançou preço, é pelo fato de que ele não tem serventia nenhuma. O que vamos fazer com uma coisinha dessa em casa? Só vai servir no dia da malhação dos judas e mesmo assim, uma vez só.



Etmologia

O sobrenome do chefete é plural de que mesmo?

Enquanto isso...
Festa da Nações

O final de semana chegou e haverá festa para a qual do Bambam convida a equipe toda, já tem ares de despedida, só dos cargos pois eles permanecerão unidos para sempre, estabeleceram vínculos que jamais serem quebrados, parece que é amor.


Nenhum comentário: