6 de mar de 2007

Sobre a enquete da Auri-Verde


A enquete ia indo até que bem, mas de repente residentes do sistema penitenciário botaram as manguinhas de fora e conseguiram alterar todo o resultado a favor daquele que nem candidato pode ser.

Presidiário não vota e nem pode ser votado, só em enquete, e como têm bastante tempo para ficar bolando formas e formas de passar a perna na tecnologia, descobriram uma maneira de votar por celulares, e ainda, como são isentos de pagar as contas dos mesmos, resolveram votar logo diversas vezes cada um.

Vieram votos do estado todo, principalmente de Presidente Bernardes, Taubaté, Avaré e Pirajuí. Pingaram até alguns de fora do estado, dos "segurança máxima" do Paraná, Rio de Janeiro e Santa Catarina.

Alguns dizem que nosso querido "gordo" ficou muito famoso e querido dentro do sistema penitenciário, onde residiu por algum tempo. Poderia ter sido por certos favores que teria feito cuidando dos chefões, coisas básicas como varrer a cela e arrumar a cama. Outra hipótese seria o hábito, que teria mantido por lá, de mandar bolinhos a todos os aniversariantes do dia. Parece que, por algum desses dois motivos, ou pelos dois, teria ganho até apelido novo, era chamado, carinhosamente de "gorda boleira".

Mas outros dizem que não é nada disso, o gordo teria mesmo é alcançado alta rejeição por lá e os companheiros de cela querem vê-lo logo eleito para que não volte a morar com eles. Alegam problemas de pele e de glândulas.

Veja na Auri-Verde!

2 comentários:

Alfa Munhoz disse...

Só que não foi somente para a "gorda boleira" (gostei dessa! esse pessoal tem humor!) que andaram votando repetidamente!

Tá certo que os hóspedes do governo exageraram demais, mas houve também uma "mãozinha de gato" para todos os outros.

Por falar em "gorda boleira", ele(a) pode der candidato(a)? E se puder, e vier a vencer, pode assumir?

A Câmara não pode cassar seu mandato assim que começar? Parece que há precedentes no Brasil, pois a Câmara pode considerar que ele(a) praticou um crime contra a instituição, que pode julgá-lo a qualquer tempo.

Temos que eleger bons vereadores!

Riovaldo disse...

Boleira porque recebe e dá bola? agora, gordo é pejorativo, preconceituoso da sua parte, "seu" bruno. boleira, tudo bem: ele gosta de bola mesmo.
Lembrei:
Ah, é aquele Filho da P... que roubou Bauru, ameaçou funcionários, aterrorizou vereadores com bombas e foi plantar batatas, oooopsss, abacaxi?