3 de dez de 2006

Sem terra


Aviso para quando eu morrer:
quero ser enterrado aí!

Nenhum comentário: