13 de jan de 2007

Maurício Lima Verde

Não sei onde o prefeito abúlico viu ofensa no artigo do Maurício.

Para dirimir qualquer dúvida resolvi republicá-lo aqui, ao mesmo tempo em que faço uma homenagem ao autor, pessoa séria, honesta, trabalhadora e de elevado espírito público.

Maurício é, acima de tudo, um homem muito educado, pois não disse um porcento do que poderia ter dito sobre o amigo do "primo de confiança".

Vejamos o polêmico artigo:


Extinção de secretaria


Ato é intempestivo e exibe desarticulação do governo Tuga

Ao longo dos anos sempre convivi com homens públicos de toda espécie. Com alguns mantenho amizade pessoal, apesar de muitas vezes com ponto de vista diferentes. Já com outros, a relação é puramente informal. E graças a essa representação, sei bem o que esperar das lideranças políticas.

Ainda assim fui surpreendido negativamente pela atitude do prefeito Tuga Angerami em relação à medida recentemente anunciada de extinção da Secretaria Municipal da Agricultura. Não discutirei o mérito, pois o assunto está sendo amplamente divulgado pela imprensa e se tivermos bom senso será feito o melhor para Bauru.

Sempre julguei o prefeito Tuga Angerami um homem de bem, apesar de seus lapsos políticos inacreditáveis para uma pessoa de sua experiência. Este traço de sua personalidade nos recentes episódios nos mostra um homem sem qualquer inteligência política, aético, justificando o ataque de todos. Ele em nenhum momento consultou o setor. E tomou medida intempestiva, provocando mais um trauma em seu medíocre governo. Foi desleal. Mais do que nunca nos mostra a sua incapacidade para qualquer tipo de articulação política

Tuga Angerami não deve ter ninguém com quem conversar e se nos apresenta como um homem cansado. Bauru parece perseguido por uma sina negativa. Após alguns governos complicados e se esperar muito deste, o que se vê em todos os setores da população é que mais uma vez o município ficará em débito com seu povo. Temos ainda dois anos de governo, mas o caldeirão eleitoral já começa a fervilhar e mais uma vez as expectativas se renovam.

Chega de frustração!

Economista, agropecuarista e presidente do Sindicato Rural

9/1/2007 Maurício Lima Verde Guimarães

Veja o artigo do Maurício aqui.
Veja a resposta desproporcional que o prefeito abúlico deu.

Nenhum comentário: